Família Encantado, RS

Um dia na vida - Família Vivian Delazeri

[QUANTO AMOR CABE EM UM DIA?]

Você já parou para pensar sobre  quanto amor cabe no seu dia? Decidimos refletir sobre “a tal rotina”  onde a todo tempo dizemos que precisamos nos desapegar dela, afinal de  contas “é todo dia a mesma coisa”. Mas, e daqui 10 anos? Será que será a  mesma coisa? ... “Aqui, é a gente sentada ao redor do fogão a lenha”,  “tu eras pequena”, “tinha brinquedo espalhado por toda a casa”,  “segunda, terça, quarta, quinta e sexta, sempre a mesma folia”. Mas será  que a folia de todo dia, será para todo sempre?  Supomos que se ela não  for registrada, por mais que seja lembrada e comentada, estará de certa  forma fragmentada naquilo em que chamamos de tempo.
Daqui a dez  anos a Helô estará entrando na pré-adolescência, talvez a rotina seja  outra, muito provavelmente a casa da vó não estará mais bagunçada com  brinquedos espalhados por todo o lado enquanto a Helô prefere pegar os  talheres para brincar. Talvez não faça mais parte da rotina a dinda  estar ali no anoitecer. Assim como talvez a amiguinha Maria não poderá  mais visitar a Helô com tanta frequência, porque haverá tema, haverá  “briga de amiga”, haverá a vontade assistir filme ao invés de montar o  lego.
Assim, a fotografia nos permite dar sentido às frases contadas.
 Como nos falou a Tailisi: “...ter todos esses momentos registrados por  você, é ter a pura vivência em retratos! E a melhor parte em ver essas  fotos, é que a fotografia não muda, mesmo quando nossa pequena e nós  mudamos!”  
Deixamos aqui a porta de entrada ao nosso projeto “Um dia na vida”.

 UM DIA NA VIDA, da Heloísa.


Local: Encantado/RS